2022

Pátio 317 - Eclipse Lunar Sra. do Monte XV - Planetas no mesmo lado do Sol

Pátio 317 - Eclipse Lunar

2022.05.16
Pátio (Leiria 39ºN 08º48'W alt:130m)

Não é raro ter um céu tão nublado, e hoje não foi excepção. Fui bafejado com uma (semi) aberta de 5 minutos.

Eclipse foi muito escuro e vermelho por ter passado quase pelo centro do cone da sombra da Terra. À cor vermelha não foi alheia o facto da Lua estar tão baixa no horizonte, a menos de 10 graus de altitude no momento abaixo capturado. Visualmente, na pequena oportunidade em que não esteve tapada pelas as nuvens, foi notoria a semelhança com um crescente difuso, de tão escura que estava a parte da Lua mais mergulhada na umbra.

Eclipse Lunar 20220516
Lua antes do eclipse 22:49 UTC - nada animador
Canon 6DMk2 200mm f/4
exp: 1/2 seg. 400 ISO
Eclipse Lunar 20220516
Lua a 4 minutos da totalidade 3:24 UTC
Takahashi Sky-90 f/4.5 (407mm) + Canon 6DMk2
exp: 1/4 seg. 800 ISO

Gosto sempre de verificar o que pode aparecer nas imagens, e não é que existe um asteróide chamado Siri ?! tem o número 332 e foi descoberto em 19 de março de 1892 por M.F. Wolf em Heidelberg, tendo este astrónomo sido um dos pioneiros da astrofotografia. A razão de ter atribuido este nome é desconhecida.
A estrela ao lado da Lua é a Hipparcos 75786 com perto de magnitude 9, tem a classe espectral G2V como o nosso Sol.
Clicar na imagem na imagem para ver a exposição na sua totalidade, na qual se pode observar mais algumas estrelas.

Eclipse Lunar 20220516
Lua na totalidade 4:20 UTC
Takahashi Sky-90 f/4.5 (407mm) + Canon 6DMk2
exp: 3x4 seg. 800 ISO

O céu já estava a ficar mais claro por esta altura (crepúsculo civil), com a Lua a apenas 5 dedos juntos do horizonte. A totalidade terminaria 4 minutos depois.

Eclipse Lunar 20220516
Lua na totalidade 4:51 UTC
Takahashi Sky-90 f/4.5 (407mm) + Canon 6DMk2
exp: 1x0.7 seg. 800 ISO

Tempos de Eclipse (Guide9):

Os próximos eclipses totais visíveis em Leiria (e provavelmente no resto de Portugal continental) serão em:


Sra. do Monte XV - Planetas no mesmo lado do Sol

2022.06.26
Sra do Monte - Cortes (39.68N 8.75W alt:395m)

Durante este mês, tem ocorrido uma rara disposição dos planetas do nosso sistema solar. Todos eles se encontram no mesmo "lado" do Sol, incluindo o excomungado Plutão.
Este evento é relativamente raro, mas resulta de um acaso da mecânica celeste, em que neste caso todos os planetas têm elongação (distância angular do Sol tendo como referência a Terra) a oeste, ficando todos numa determinada região do céu.
Já tinha acontecido um semelhante em Abril de 2002, que tive na ocasião, oportunidade de registar, mas neste caso, o alinhamento era visível ao fim da tarde e a ordem também não foi a mesma.

Abaixo está uma "cara" do relógio da Apple que mostra as posições orbitais actuais. É bom saber que existem entusiastas da astronomia a trabalhar neste fabricante: São necessários cálculos matemáticos algo complicados, porque para além de não terem a mesma inclinação, as órbitas não são circulares (são elipses muito ligeiras) e os planetas têm velocidades diferentes conforme a posição.

apple watch

Apesar do céu muito nublado, e do crepúsculo astronómico se iniciar às 4 da manhã, tentei a sorte deslocando-me à Sra. do Monte nas Cortes de Leiria, que nestá invadida por éolicas barulhentas, mas permitiu observar entre as abertas nas nuvens o espaçado desfile de planetas antes do Sol nascer.

Partindo de Oeste para Este, perfilavam os planetas Plutão (não observado), Saturno, Neptuno (apenas no binóculo), Júpiter, Marte, Úrano (apenas no binóculo), Vénus e finalmente Mercúrio, que apesar de brilhante, encontrava-se muito baixo, tendo apenas conseguido observar no binóculo.
A ordem não é propriamente correta se usarmos binóculo ou telescópio, porque a órbita de Neptuno é mais exterior que Saturno, e no caso Úrano, das de Marte e Júpiter, mas no entanto, a olho nú, fica realmente ordenada: Saturno, Júpiter, Marte, Vénus e Mercúrio.

De notar que é um fenómeno de perspectiva, apenas aparentam estar alinhados do nosso ponto de vista (da Terra). Como mostra a imagem anterior, os planetas estão tudo menos "em linha".

eolica
Local
Canon 6DMk2 17mm f/4
exp: 8 seg. 1600 ISO
conjuncao_lua_venus_20220626_0306
Lua a nascer 03:06 UTC
Canon 6DMk2 200mm f/4
exp: 20 seg. 800 ISO

A Lua, apenas com uma fase 7.5% iluminada, é sempre uma boa companhia em imagens com outros astros, longíquos ou próximos. A parte iluminada pela Terra esteve muito notória.

lua_venus_20220626_0346
Lua, Vénus e avião (?) 03:46 UTC
Canon 6DMk2 200mm f/4
exp: 2x4 seg. 800 ISO
lua_venus_20220626_0352
Lua, Vénus e Pleiades 03:52 UTC
Canon 6DMk2 200mm f/4
exp: 3 seg. 800 ISO

O planeta Mercúrio, que estava com magnitude negativa (-0.4), é sempre um desafio ver a olho nú, e mesmo na imagem abaixo pode passar despercebido. Está a um "dedo" acima do horizonte, a pouco mais de 1 grau de altitude.

lua_venus_20220626_0404
Lua, Vénus e Mercúrio 04:04 UTC
Canon 6DMk2 93mm f/4
exp: 1 seg. 800 ISO